Quinta-feira, 26 de Outubro de 2006
Pé na Parede!
Tenho estado a ler os argumentos pelo NÃO no referendo e só me apraz dizer uma coisita:

Liberalize-se, despenalize-se ou o raio que parta o aborto ou a IVG e apoie-se as organizações do género da Ajuda de berço, Ajuda de mãe, Ass. para a Promoção da Segurança Infantil, Ass. Port. pela Humanização do Parto, Baby Center (sejam lá o que forem) ou outras quaisquer que ocupem o tempo das dondocas de Cascais ou da Lapa.

Pronto! Não ficaria toda a gente satisfeita assim? A serem válidos os argumentos de ambas as partes acabaríamos com o aborto, clandestino ou não, com a pobreza e com a vergonha das perseguições, certo?

A questão moral, como moral que é, ficaria sujeita à subjectividade da sua própria moralidade (chiça!)...

Serve?


desinfectado por Jonas às 00:22
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De FuckItAll a 26 de Outubro de 2006 às 11:14
Pois... devia, não é? Infelizmente, esta gente usa a moral assim como um autocolante de peditório, tu não pediste nada e zás!, já o tens colado ao peito.


Comentar post

Eu
Remexer
 
Últimos

Quantos "gigas" tens?

Da convivência com insect...

Não é para fazer pouco...

Inadequado

por favor...

Devo ter uma vida boazinh...

Pastelaria fina

Argumentos contra amantes...

Porque o melhor do mundo ...

Mimoso

Fossa Séptica

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

subscrever feeds
Trapalhada

todas as tags