Terça-feira, 19 de Dezembro de 2006
Badalhoquismo no Bacalhoeiro
Dias 12 e 19 de Dezembro há badalhoquices no Bacalhoeiro com um ciclo de video de curtas e longas metragens.

Não confundir com as badalhoquices da cozinha do Galeto, Badalhoquismo ≠ badalhoquice, está bem? É mais um 'ismo tal como o Cubismo ou o Impressionismo.

Hoje temos no cardápio:

O Fim do Nosso Amor
Uma curta-metragem que narra, através de uma sequência de stills, um trágico caso de amor, repleto de automutilações e fragmentos de um romance literalmente destrutivo.

48H de Sexo Alucinante
Uma psicóloga junta a mesma equipa do filme 24 Horas de Sexo Explícito, para uma orgia com duração de 48 horas para o desenvolvimento de uma tese. Contudo, a meio das filmagens, os actores percebem que estão a ser usados para outro fim.

Matou a Família e Foi ao Cinema
Depois de assassinar os pais, um jovem adolescente vai ao cinema ver Perdidos de Amor. Márcia, uma jovem rica e insatisfeita, aproveita a ausência do marido para ir à casa de Petrópolis, onde recebe a visita de uma velha amiga, Regina. Intercaladas com as cenas entre as duas mulheres que dançam, conversam sobre homens e se acariciam, aparecem pequenas histórias autónomas de assassinatos no interior de famílias pobres. Entre estas crónicas familiares, destoa a história dum preso político torturado até a morte.

Bacalhoeiro
Rua dos Bacalhoeiros, 125-2º1100-068 Lisboa
218 864 891


desinfectado por Jonas às 12:15
link do post | comentar | favorito
|

Eu
Remexer
 
Últimos

Badalhoquismo no Bacalhoe...

Fossa Séptica

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

subscrever feeds
Trapalhada

todas as tags