Quinta-feira, 28 de Setembro de 2006
Choquinhos Fritos
Esta noite confeccionei uns choquinhos fritos com coentros, ficaram muito satisfatórios. Enquanto reduzia um pouco o molho e tentava escorrer as batatas cozidas (lembrete: comprar facas de cozinha, é uma merda descascar batatas com uma faca de serrilha) lembrei-me de uma velha história.

Nos meus tempos de meninice acampava frequentemente com os meus pais. Sempre gostei muito desse contacto com a natureza, é com prazer que recordo essas férias. Não obstante a jovialidade desses tempos, eu, como a maioria dos fedelhos, mais volta, menos volta, entrava numa onda de birra.

Certa vez, à hora do jantar, acredito ter serrazinado de tal forma a cabeça à minha mãe que ela me fez um ultimato:

"Abre outra vez a boca que levas!"

Posta a questão nesses termos nada me restou senão estar calado e esperar que me colocassem o prato à frente e , então, comer o meu repasto resignadamente.

O jantar era chocos, não me lembro se fritos ou grelhados, e deve ter sabido especialmente bem pois tenho a impressão de o ter devorado num ápice. O motivo que me levara a estar pirrónico desvaneceu-se da minha memória de tal forma que, até hoje, nunca mais me lembrei de qual fora.

Foi depois de ter limpo o prato que muito inocentemente clamei por mais um choco. Mal tinha terminado de articular a última sílaba já estava eu a ser fulminado por um raio caído sabia lá eu de onde! A reacção instantânea e automática da minha progenitora foi dar prossecução à sentença implícita no seu ultimato, cuja minha parte foi, de facto, violada...

Devo ter lançado um tal olhar de estupefacção e incredibilidade, fez-se um pequeno silêncio e logo a minha mãe se desfez em desculpas, seguidas de uma valente gargalhada de todos os comensais.

Também eu acabei por rir, e foi hoje ao reduzir o molho dos meus choquinhos que relembrei, divertido esse episódio.


desinfectado por Jonas às 11:59
link do post | comentar | favorito

Eu
Remexer
 
Últimos

Quantos "gigas" tens?

Da convivência com insect...

Não é para fazer pouco...

Inadequado

por favor...

Devo ter uma vida boazinh...

Pastelaria fina

Argumentos contra amantes...

Porque o melhor do mundo ...

Mimoso

Fossa Séptica

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

subscrever feeds
Trapalhada

todas as tags