Terça-feira, 10 de Outubro de 2006
Formalidades
Reparei ao ler alguns posts meus mais antigos que o nível de linguagem por estas bandas desceu consideravelmente.

Isto reflecte bastante bem uma certa faceta da minha personalidade que tenho vindo a notar. Quando chego venho muito formal, demasiado formal. Com uma solenidade quase presidencial.

Certa vez, em miúdo, tive de ligar para o emprego do meu pai. Uma colega que me atendeu fez a piada de lhe passar a chamada anunciando "é o Sr. Presidente para ti."

Já noutra ocasião recente uma boa amiga me chamou à atenção num restaurante, depois de fazer o pedido, que era muito difícil sacar-me um sorriso... a seriedade, novamente.

Parece ser esta a defesa para a minha timidez, coloco uma capa de cerimónia para que as coisas me corram de forma ordeira, organizada, sem que me toquem.Claro que passada a fase do traje de gala extravaso, todo eu sou volteios e pinotes, dou traques e rebolo pelas carpetes fora. Escárnio e maledicência saltam-me como ventarolas.

Mas antes de lá chegar...


desinfectado por Jonas às 11:55
link do post | comentar | favorito

Eu
Remexer
 
Últimos

Quantos "gigas" tens?

Da convivência com insect...

Não é para fazer pouco...

Inadequado

por favor...

Devo ter uma vida boazinh...

Pastelaria fina

Argumentos contra amantes...

Porque o melhor do mundo ...

Mimoso

Fossa Séptica

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

subscrever feeds
Trapalhada

todas as tags